dicas

Copiando a imagem das atividades Para copiar ou salvar as imagens das atividades siga os seguintes passos: 1- Clique sobre a imagem com o botão direito do mouse. 2- Irá aparecer uma caixa, clique em exibir imagem. 3- A imagem será ampliada, clique novamente sobre ela com o botão direito do mouse. 4- Irá aparecer uma nova caixa, clique em copiar a imagem ou salvar como. 5- Se copiar a imagem cole no Word. 6- Se salvar como, escolha um local no seu computador e salve.

domingo, 14 de abril de 2013

Interpretação de carta do leitor


A)Leia a carta e a resposta, responda  as questões de 1 a 5:

 "No  dia 1o, o fiscal me impediu de expor na feira do Trianon. Me inscrevi em 2004, fiz teste de aptidão, paguei taxas de uso de solo e de licença, e comecei a trabalhar na semana seguinte. O juiz que cassou a liminar provavelmente nem leu o processo. Nossa advogada anexou documentos provando a legalidade dos expositores �� que estão com problemas porque funcionários da Prefeitura perderam os documentos de quem fez teste em 2004. Nós, artesãos, criamos objetos de arte considerados cultura no mundo todo �� menos no Brasil. E, aos 63 anos, não tenho perspectiva de conseguir outro trabalho"
José Eduardo Pires
Vila Maria Alta


A Prefeitura responde:

Com referência à feira do Trianon, jamais houve perda de documentos. No início de 2006, a Sub Pinheiros entregou as pastas de documentação para a Sub Sé.
Na análise técnica do material, viu-se que havia expositores trabalhando, irregularmente, sem que as aprovações fossem publicadas no Diário Oficial da Cidade de São Paulo, obrigatórias para que a comunidade saiba quem foram os aprovados e as atividades para as quais estão autorizados.
Andrea Matarazzo
Secretário das Subprefeituras e Subprefeito da Sé
(São Paulo Reclama. O Estado de S.Paulo, 12 de agosto de 2007, p. C2)



1.A carta do leitor identificado acima tem a finalidade de:

(A) defender a venda de produtos de artesanato, como símbolos de cultura.

(B) queixar-se do fato de ter sido impedido de trabalhar numa feira de artesanato.

(C) dirigir-se ao juiz que desconsiderou as razões apresentadas por uma advogada.

(D) solicitar a interferência de uma advogada para defender seus direitos.

2.A Prefeitura defende a tese de que:

(A) os funcionários devem ser responsabilizados por terem desviado documentos, prejudicando os artesãos queixosos.

(B) os fiscais se precipitaram ao impedir o funcionamento da feira de artesanato antes de encontrarem os documentos perdidos.

(C) os artesãos queixosos aparentemente têm razão suficiente para reclamações, mas os responsáveis já estão tomando as medidas cabíveis.

(D) os requisitos legais exigidos para expor e vender trabalhos na feira de artesanato devem  ser cumpridos por todos os envolvidos nessa situação.



3.É correto afirmar que o reclamante é:

(A) um idoso, sem outra alternativa qualquer de trabalho.

(B) uma autoridade responsável pelo cumprimento das leis.

(C) um funcionário, acusado de ser o responsável pela perda de documentos.

(D) um fiscal, que justifica sua atitude em fazer cumprir ordens superiores.

4.O argumento apresentado pelo remetente da carta, para defender sua licença de trabalho, está no fato de que:

(A) é um artesão, que cria obras de arte reconhecidas no mundo inteiro.

(B) é um idoso que deve ser tratado com mais respeito por pessoas mais jovens.

(C) cumpriu todas as exigências legais necessárias, junto à Prefeitura.

(D) ignora o fato de o juiz ter tomado conhecimento das medidas adotadas contra ele.

5.Considerando-se a carta do leitor e a resposta da Prefeitura, é correto afirmar que:

(A) ambas apresentam a mesma opinião referente à proibição de trabalhar numa feira.

(B) elas divergem quanto à origem do problema surgido com a fiscalização do trabalho.

(C) o Subprefeito aceita a opinião do Remetente, propondo-se a autorizar seu trabalho.

(D) a opinião da Advogada dos queixosos é idêntica à dos funcionários da Prefeitura

0 comentários:

Postar um comentário

Google+ Followers