P

dicas

Copiando a imagem das atividades Para copiar ou salvar as imagens das atividades siga os seguintes passos: 1- Clique sobre a imagem com o botão direito do mouse. 2- Irá aparecer uma caixa, clique em exibir imagem. 3- A imagem será ampliada, clique novamente sobre ela com o botão direito do mouse. 4- Irá aparecer uma nova caixa, clique em copiar a imagem ou salvar como. 5- Se copiar a imagem cole no Word. 6- Se salvar como, escolha um local no seu computador e salve.

domingo, 28 de agosto de 2011

A cigarra e a formiga ( Adaptação)

Fui visitar o blog de um dos meus seguidores e não resisti, ao ver essa poesia que ele mesmo criou, leiam vcs também irão gostar, é legal para apresentar como uma nova versão da fábula, ampliando o repertório das crianças ao produzirem seus próprios textos.






A cigarra faminta e a formiga esperta



Historinha encantada
Da formiga e da cigarra.
No auge do verão
A formiga trabalhava.


A cigarra só cantava
Com seu belo violão.
Com a música 
A formiga se animava
E sem parar labutava.
A cigarra agitada
Seu instrumento tocava
Sem pensar em lavrar.


Um dia o inverno chegou
E a esperta formiga
Em sua casa se aconchegou
Com todo alimento que guardou.
A pobre da cigarra
Quase congelou
Sem casa e comida ficou.


Decidida foi ajuda pedir
Na casa da formiga
Que sem pensar
Acolheu a cigarra
Que estava de frio a tremer.


Pra convidada ofereceu 
Um belo de um banquete
E a cigarra de tanto comer
Teve um piripaque 
E as botas bateu.
A formiga muito esperta
Duas vezes nem pensou
Com a cigarra fez um prato saboroso 
E no jantar a comeu.

Autor: Wagner Soares

Os tempos mudaram (para divertir e refletir )


Menino Maluquinho- Só para divertir


Organizar e pontuar piadas

Leia a piadinha abaixo com atenção, em seguida, re-escreva corretamente, organizando-a em parágrafos e pontuações adequadas.

Piada 1


Na aula de Ciências, o professor pergunta ao aluno O que se deve fazer quando alguém está sentindo dores no coração Apagar a luz  Apagar a luz Você ficou maluco  Ora professor o senhor nunca ouviu dizer que o que os olhos não vêem o coração não sente

Piada 2

Vendo o boletim vermelho do neto, o avô resolve passar-lhe um sermão  No meu tempo, eu era o melhor aluno em História É vovó Mas no seu tempo havia menos 50 anos de História para estudar

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

JORNAL


RECEITA FÁCIL DE LANCHE PARA O FIM DE SEMANA


Calzone com presunto e queijo

Receita de Calzone com presunto e queijo
Tempo   1h35 (+1h20 de descanso)
Rendimento    1 Unidade
Dificuldade   Fácil
Ingredientes
1 tablete de fermento biológico fresco (15g)
150ml de água morna
1 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de azeite 
2 e 1/4 de xícaras (chá) de farinha de trigo
Farinha de trigo para enfarinhar a superfície
Óleo para untar
1 gema para pincelar

Recheio:

1/2 xícara (chá) de molho de tomate temperado
150g de presunto ralado
200g de queijo mussarela ralado
2 tomates fatiados
Orégano a gosto
Modo de preparo
Coloque o fermento em uma vasilha e dissolva na água morna. Adicione o sal e o azeite e misture. Despeje a farinha, aos poucos, misturando com uma colher até soltar da lateral da vasilha. Sove sobre superfície lisa e enfarinhada por 10 minutos ou até obter uma massa macia e que não grude nas mãos. Forme uma bola, cubra e deixe descansar por 40 minutos ou até dobrar de volume. Sove novamente por 5 minutos, cubra e deixe descansar mais 40 minutos. Abra com o auxílio de um rolo em uma superfície enfarinhada formando um disco com aproximadamente 35cm de diâmetro e transfira para uma assadeira levemente untada. Espalhe o molho de tomate, o presunto, o queijo e o tomate. Polvilhe com orégano e dobre a massa, apertando bem as laterais para fechar. Pincele com a gema e leve ao forno alto, preaquecido, por 35 minutos ou até dourar levemente. Sirva em seguida.
Colaboradores
Culinarista: Mariana Maluf Boszczowski/colaboradora
Foto: Stela Handa/Colaboradora


RECEITA DO BLOG  GUIADA COZINHA

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Interpretação de notícia com alternativas


ATRAÇÃO SURPRESA

Fátima de Oliveira

Depois  de  cinco  dias  de  chuva  contínua,  um  jacaré que vive na Lagoa da
Pampulha,  em  Belo  Horizonte,  resolveu  sair  das  águas  barrentas  da represa,  para
se aquecer ao sol, que brilhou por algum tempo na manhã de ontem. Mal deixou a água, foi visto por dois jovens e virou atrão nas margens da lagoa. Inicialmente, o réptil, como é típico da espécie, ficou quieto, sem fazer movimento, a ponto dos cu- riosos acharem que ele estava morto. Mas bastou o barulho feito por um rapaz, que tentou pegar a cauda do animal, para que ele deixasse o conforto do aquecimento e voltasse para as águas.
O presidente da Fundação Zôo-botânica, Evandro Xavier, diz que a simples aproximação  de  um  jacaré  pode  representar  perigo,  especialmente  para  pessoas que desconhecem os riscos de um ataque. Ele acha natural o aparecimento do ani- mal, em busca de aquecimento. A lagoa tem uma rica fauna e é um corredor ecoló- gico muito importante. Há vários espaços com mata na lagoa, nos quais vivem capi- varas, garças-brancas e garças-da-noite, biguás, quero-queros, pica-paus, tucanos e vários mamíferos e répteis.
De  acordo com  o presidente da Fundação Zôo-botânica,   três  jacarés na
Lagoa da Pampulha. Como a represa recebe água de rregos de Contagem, com
as chuvas, um ou outro animal pode ter vindo para a lagoa. O importante é que as pessoas saibam que não se deve tocar em um jacaré, pois podem assustar o ani- mal, a ponto de ele reagir e acabar atacando para se defender”, alerta Xavier.
As agressões ao bicho também podem contribuir para pôr sua vida em risco,
como foi o caso de um jacaré que, acuado, fugiu para a Avenida Otacílio Negrão de Lima  e  foi  atropelado.  O  jacaré,  por  mais  que  gostemos  de  admirar,  é um  animal selvagem, alertou o presidente da fundação.

Estado de Minas, Caderno Gerais. 15 nov. 2006.


QUESTÃO 1


De acordo com o texto, o habitat natural do réptil é (o):

a)   os rios lamacentos.
b)   a Lagoa da Pampulha.
c)   a Fundação Zôo-botânica.
d)   a Avenida Otacílio Negrão de Lima.






QUESTÃO 2


É característica da espécie desse animal:

a)   colocar sua vida em risco. b ficar imóvel aquecendo-se.
c)   não reagir às ões humanas.
d)   fingir-se de morto para alimentar-se.

QUESTÃO 3


O ruído feito pelo rapaz provocou:

a)   a aproximação do jacaré.
b)   a saída do animal da água.
 c)   o atropelamento do animal.
d)   o retorno do animal para a represa.

QUESTÃO 4


A lagoa tem uma rica fauna....  O significado da palavra destacada é:

a)   Vida vegetal.
b)   Jacarés selvagens.
c)   Plantas específicas de uma determinada rego.
d)   Animais característicos de uma determinada rego.

QUESTÃO 5


Todas as afirmativas se referem à Lagoa da Pampulha, EXCETO:

a)   Possui águas barrentas.
b É um corredor ecogico.
c)   Virou atrão para os curiosos.
d)   Recebe esgoto de outra cidade.

QUESTÃO 6


A afirmação que O está de acordo com as declarões do presidente da Funda-
ção Zôo-botânica é:

a)   O jacaré representa perigo para as pessoas.
b)   Um jacaré acuado fugiu e foi atropelado na avenida.
c)   Um jacaré molestado não reage nem ataca para se defender.
d)   É natural o animal aquecer-se ao sol após rios dias de chuva.


6



QUESTÃO 7


A expressão [...] brilhou por algum tempo na manhã de ontem [...]” indica que:

a)    muitos dias não chove.
b)   o sol era o centro das atenções. 
c)   os dias ensolarados retornaram.
d)   o sol apareceu apenas por algumas horas.

QUESTÃO 8


Todas as opções confirmam que o texto Atração Surpresa é uma notícia, EXCETO:

a)   Utiliza a língua culta.
b Relata fatos reais.
c)   Indica ões a serem cumpridas.
 d Predomina a função informativa.


QUESTÃO 9


A fonte de onde o texto foi retirado é:

a)   um edital.
b um jornal.
c)   uma revista.
d um anúncio.

QUESTÃO 10


De acordo com as informações presentes no texto, pode-se concluir que os animais
que vivem na mata, em torno da lagoa, são formados por:

a)   aves e peixes, apenas.
b)   uma única espécie animal.
c)   diversos grupos de animais.
d)   répteis e mamíferos, exclusivamente.

QUESTÃO 11


Em relação à atitude do jovem, ao importunar o jacaré, pode-se afirmar que ele foi:

a)   astuto.b)   prudente. c)   indelicado. d)   imprudente.




Google+ Followers