dicas

Copiando a imagem das atividades Para copiar ou salvar as imagens das atividades siga os seguintes passos: 1- Clique sobre a imagem com o botão direito do mouse. 2- Irá aparecer uma caixa, clique em exibir imagem. 3- A imagem será ampliada, clique novamente sobre ela com o botão direito do mouse. 4- Irá aparecer uma nova caixa, clique em copiar a imagem ou salvar como. 5- Se copiar a imagem cole no Word. 6- Se salvar como, escolha um local no seu computador e salve.

domingo, 8 de maio de 2016

Carta de Caminha - Interpretação textual

Para responder às próximas questões leia o trecho da Carta de Caminha a seguir.
Senhor:
Posto que o Capitão-mor desta vossa frota, e assim os outros capitães escrevam a Vossa Alteza a nova
do achamento desta vossa terra nova, que ora nesta navegação se achou, não deixarei também de dar disso
minha conta a Vossa Alteza, assim como eu melhor puder, ainda que — para o bem contar e falar — o
saiba pior que todos fazer. (…)
Viu um deles [índio] umas contas de rosário, brancas; acenou que lhas dessem, folgou muito com elas,
e lançou-as ao pescoço. Depois tirou-as e enrolou-as no braço e acenava para a terra e de novo para as
contas e para o colar do Capitão, como dizendo que dariam ouro por aquilo.
Isto tomávamos nós assim por assim o desejarmos. Mas se ele queria dizer que levaria as contas e
mais o colar, isto não o queríamos nós entender, porque não lho havíamos de dar. E depois tornou as
contas a quem lhas dera. (…)
Parece-me gente de tal inocência que, se homem os entendesse e eles a nós, seriam logo cristãos,
porque eles, segundo parece, não têm, nem entendem em nenhuma crença.
E portanto, se os degredados, que aqui hão de ficar aprenderem bem a sua fala e os entenderem, não
duvido que eles, segundo a santa intenção de Vossa Alteza, se hão de fazer cristãos e crer em nossa santa fé, à qual praza a Nosso Senhor que os traga, porque, certo, esta gente é boa e de boa simplicidade. E
imprimir-se-á ligeiramente neles qualquer cunho, que lhes quiserem dar. E pois Nosso Senhor, que lhes
deu bons corpos e bons rostos, como a bons homens, por aqui nos trouxe, creio que não foi sem causa.
Portanto Vossa Alteza, que tanto deseja acrescentar a santa fé católica, deve cuidar da sua salvação. E
prazerá a Deus que com pouco trabalho seja assim.
Eles não lavram, nem criam. Não há aqui boi, nem vaca, nem cabra, nem ovelha, nem galinha, nem
qualquer outra alimária, que costumada seja ao viver dos homens. Nem comem senão desse inhame, que
aqui há muito, e dessa semente e frutos, que a terra e as árvores de si lançam. E com isto andam tais e tão rijos e tão nédios, que o não somos nós tanto, com quanto trigo e legumes comemos. (…) e a terra por
cima toda chã e muito cheia de grandes arvoredos. (…) De ponta a ponta, é toda praia parma, muito chã e
muito formosa.
Pelo sertão nos pareceu, vista do mar, muito grande, porque, a estender olhos, não podíamos ver senão
terra com arvoredos, que nos parecia muito longa.
Nela, até agora, não pudemos saber que haja ouro, nem prata, nem coisa alguma de metal ou ferro;
nem lho vimos. Porém a terra em si é de muito bons ares, assim frios e temperados como os de Entre
Douro e Minho, porque neste tempo de agora os achávamos como os de lá.
Águas são muitas; infindas. E em tal maneira é graciosa que, querendo-a aproveitar, dar-se-á nela
tudo, por bem das águas que tem.
Porém o melhor fruto, que nela se pode fazer, me parece que será salvar esta gente. E esta deve ser a
principal semente que Vossa Alteza em ela deve lançar. (…)
Beijo as mãos de Vossa Alteza.
Deste Porto Seguro, da Vossa Ilha de Vera Cruz, hoje, sexta-feira, primeiro dia de maio de 1500.
Pero Vaz de Caminha
(1ª Olimpíadas Nacional de História do Brasil – 2009)
5. Assinale dentre as alternativas, aquela que considerar errada.
A) Na carta ao rei de Portugal Pero Vaz de Caminha descreve a terra encontrada.
B) O documento descreve uma população nativa que o autor narra como generosa e gentil, e por este
motivo deve ser cuidada.
C) A carta indica ao rei de Portugal formas de se apossar de riquezas e de expandir o cristianismo.
D) A carta indica que os índios produziam seus alimentos em roças e criavam rebanhos para seu sustento.
(1ª Olimpíadas Nacional de História do Brasil – 2009)

A carta de Pero Vaz de Caminha foi recuperada pela historiografia nacional principalmente durante o
século XIX. Foi re-editada e tornou-se de grande interesse, considerada a “certidão de nascimento” do
Brasil.

6. Assinale a alternativa errada:
A) Foi considerado o primeiro documento escrito sobre o Brasil.
B) Pero Vaz de Caminha foi o único a dar a boa nova do achamento do Brasil.
C) Não foi por meio deste documento os portugueses declararam a posse do Brasil.
D) Descreve a natureza e as gentes.

7. Assinale a alternativa que mostra uma conclusão correta da leitura.
A) Para o autor, a melhor coisa que se pode fazer nestas terras é plantar.
B) Para o autor, os maiores interesses do rei são metais preciosos e expandir a fé católica.
C) Para o autor, as terras narradas não darão lucro algum, apenas trabalho.
D) Para o autor, não importa se o rei de Portugal queria estas terras, já há pessoas morando nela e ele defende a idéia que ela pertence aos seus moradores.

0 comentários:

Postar um comentário

Google+ Followers